segunda-feira, 11 de junho de 2012

Lição de vida, ou quase.

Oi pessoal! 


Hoje eu só vim fazer um post tarde porque eu tava fazendo tarefas, e isso me tira muito o tempo, fazer apostilas é um saco, só hoje eu já completei 3, duas são pra amanhã e uma pra segunda-feira que vem, só que eu não gosto de tarefas acumuladas, por isso estava fazendo-a agora *-*


Bom... Hoje eu queria falar de um assunto interessante (pelo menos pra mim), como eu sou muito observadora, detalhista, perfeccionista e etc, hoje tirei uma lição de vida importante com um simples ato...


Eu estava na sala de aula, até que uma menina pede meu espelho emprestado, ela é algumas fileiras de distância da minha e bem no fundo da classe, então tive que jogar o espelho pra ela, como sempre faço com todas as minhas amigas que pede o espelho, já que ninguém merece levantar e ir entregar bem na mão da pessoa (olha o sedentarismo)...


Continuando... Eu joguei o espelho pra ela com muita força, isso é natural, ele sobreviveu a incontáveis quedas, mas esse parece que foi o dia escolhido para ele bater as botas... Sim, o meu querido espelho quebrou, mas não fez escândalo na classe pois ele é colado a uma capa então só trincou e continuou colado, por isso não fez barulho e não chamou atenção de ninguém, nem a minha quando caiu, e eu desconhecia o fato dele ter quebrado até ela me jogar de volta...


Aí quando isso aconteceu eu fiquei assustada quando abri a capinha dele, ai ela me chamou e pediu desculpas, e começou a falar pra mim que compraria outro e tals...


Mas é aí que começa a moral da história, eu fiquei pensando sozinha e tirei umas conclusões, umas coisas de gente louca mesmo, mas é isso que eu faço, observo tanto que começo a analisar as coisas e pode até pegar fogo no lugar que nem vou prestar atenção de tão absorta em pensamentos que vou estar...


Então, o que eu percebi foi... Quando mesmo você sendo culpado de alguma coisa, a outra pessoa pode ficar com medo de como você vai reagir com a verdade (do mesmo modo que ela ficou com medo de me falar rápido, tanto é que demorou pra devolver o espelho) De um modo bem estranho de dizer, isso quer dizer que há pessoas boas no mundo, mas elas tem medo de se arriscar, então eu queria dizer pra vocês serem honestos como essa menina foi comigo hoje, falando que compraria um novo pra mim, mas eu disse que não precisava... Só que imagina se fosse uma situação contrária? Imagina se eu fosse rude com ela? Será que ela ainda assim me trataria com respeito e até me oferecia um novo? 


Então o que eu queria falar pra vocês hoje, é que vale a pena tratar com respeito os nossos próximos nesse tipo de situação, mesmo que não foi um caso sério, isso me fez pensar muito, devemos cultivar o bem pra colher o bem (isso dizem em todo o lugar), mas tive agora a prova real de que isso é verdade... 


Sorte a minha que todos meus leitores são ótimas pessoas, e que vocês continuem assim *-* Somos a única salvação desse país incrédulo .-.


Agora para quebrar o clima tenso, uma fotinha pra vocês!


Clique na foto para aumentar o tamanho *-*

~.~
Hime-chan  
~.~


Nenhum comentário:

Postar um comentário