segunda-feira, 15 de abril de 2013

1º dia de provas e experiência traumática...

Olá lindos e maravilhosos leitores, bom... Dos que ainda visitam o blog né kk. Hoje foi meu primeiro dia de provas, são três dias com quatro matérias cada, hoje foi Matemática, Ed. Física, Geografia e Inglês...

Particularmente, não respondi nada de matemática porque sou uma negação pra tudo isso, Ed física acho que fui bem, gosto de perguntas dissertativas, mesmo achando que não tenho muito jeito pra coisas relacionadas à saúde... Geografia eu acho que fui média, mas eu sempre me supreendo com as provas dela, são difíceis, mas você acha que vai tirar uma nota boa, e depois vem um lindo 0,5 kk.

Já inglês eu acho que fui bem sim, mesmo chutando algumas coisas, eu sou daquelas pessoas que aprendem inglês sozinhas, mas não saberia responder sobre o que são adjetivos e essas coisas no inglês... Eu mal me lembro do que são em português, mas por exemplo, consigo ler e entender um texto todo em inglês facilmente...

Enfim, foi um dia super cansativo, eu levei um baita sermão da professora de matemática, não foi por causa da prova não! O seguinte, o diretor adotou esse primeiro bimestre -não sei se vai mudar-, um esquema um pouco diferente do ano passado, que seria termos as três primeiras aulas do dia, porque são seis no total, depois termos o intervalo, e depois fazermos as quatro provas de uma vez só, e já irmos embora depois...

E a terceira aula era de matemática, ela estava recolhendo os últimos vistos de uma lista de exercícios que ela havia passado, e hoje era o último dia, como nunca fui boa para essas coisas de matemática, peguei o caderno do meu amigo japa emprestado para botar o meu caderno de matemática em dia, porque eu não tinha nenhum visto com ela!

Ela estava chamando os números, mas eu estava ao lado dela com minha amiga esperando ela nos chamar, porque haviam poucas pessoas que faltavam entregar o caderno, continuando, ela pulou meu número, e eu achava estranho porque nos últimos três dias que tive aula com ela, ela sempre pulou meu número para tudo kk.

Mas minha amiga viu na caderneta dela que meu número estava riscado e com um "F", não sei se significava que era alguma falta, vai ver que ela pensava que eu estava transferida ou sei lá... Enfim, depois que ela chamou todos, eu cheguei e falei: "Professora, você esqueceu o 28" -que é o meu número...

Ela me olhou com os olhos assustadores dela e olhou na caderneta dela, e disse algo mais ou menos assim, porque não me lembro bem: "Você não tem nada aqui, tá riscado isso aqui!" Mas nisso minha amiga já tinha saído e ido se sentar porque já tinha ganhado o visto da lista... Então eu esperei um pouco ela passar o corretivo e perguntou: "Você tem a matéria de tal dia?" Aí eu disse: "Tenho" Mostrei pra ela e tal, mas ela corrigiu a frase: "Você tem meu visto? Quero ver meu visto..." Mas nisso ela já estava sendo super grossa comigo...

Continuando, eu falei que tinha, mas que não tinha visto, mas nisso ela falou que o visto dela era importante, mas que quando passava da data ela não olhava mais, só que eu só tinha botado o caderno em dia para não ficar vazio, caso ela olhasse, mas acho que ela deve ter pensado que eu queria que ela desse visto em tudo que faltava...

Então eu falei: "Tudo bem professora, eu tô falando da lista dois", mas não falei mal educadamente... Aí ela engrossou ainda mais a voz e disse em voz alta, pra todo mundo ouvir mesmo, porque todo mundo já estava me encarando: "E eu tô falando da lista um, dois, três, quatro, cinco, seis, que a falta de comprometimento do aluno dá nisso!" Ou seja, ela falou das listas que ela tinha passado e das que ainda vai passar, mas não precisava ter falado desse jeito né, nem fui grossa com ela, ai eu: "Não tem problema não..." Mas acho que ela nem ouviu porque já estava dando o visto no meu caderno...

Então fui ali pro lado conversar com meu amigo japa, explicar o porquê dela estar gritando comigo daquele jeito, porque pelo jeito que ela falou comigo, parecia que eu estava exigindo que ela olhasse meu caderno todo, acho que todo mundo pensou que eu era a errada, ela falou como se eu ligasse e fosse morrer só porque não tinha os outros vistos dela... Sei que é importante, mas era só ela dar um toque, mas já que eu falei "não tem problema" ela devia ter parado aí né?

Enfim, depois ela me falou: "Ô Maísa, já dei seu positivo, viu?", mas depois falou algumas coisas como para não me esquecer de trazer no dia quando tiver novas atividades, mas tudo que lembro, foi dela falar com uma voz mansa, como se quisesse me consolar pelo jeito que tinha acabado de falar comigo, porque depois que eu falei, "tudo bem" eu sorri pra mostrar que não estou sendo rude, ou algo assim, pra ela ao menos entender, um sorriso às vezes ajuda, e então ela deve ter ficado com peso na consciência por falar daquela maneira, vai saber...

Nossa, falei demais kk. Acho que essa foi uma grande experiência traumática e eu nunca vou esquecer, eu fui terrível na prova dela, deixei quase tudo em branco, mas acho que agora sempre vou deixar meu caderno em dia com as atividades que meu amigo fizer kk. Bom... Para os que leram até aqui, tenham uma ótima noite, agora já estou estudando para as provas de amanhã, que são: Português, Artes, Física e Filosofia... Como Física é impossível, Artes é pouca coisa, e Filosofia é uma matéria hiper chata, só me resta estudar português, ao menos sou boa em alguma coisa... 

Estou indo lá estudar Romantismo kk, beijocas de paçoca para vocês meus lindos, fiquem com a fotinha do dia *-*


Awnt, outra imagem de Kimi ni Todoke, acho que vocês perceberam que eu amo esse casal demais!




Nenhum comentário:

Postar um comentário